#MariellePresente hoje e sempre! | #AgoraÉQueSãoElas

por Muitas

O #AgoraÉQueSãoElas faz uma homenagem, no sétimo dia de morte, à memória da nossa amiga e colaboradora, Marielle Franco, mulher, negra, favelada, de axé, lésbica, jovem e defensora dos direitos humanos. Que o seu sorriso siga iluminando nossos caminhos.

 

Quando a mulher negra se movimenta, balança todas as estruturas. Marielle é vento forte! Seguiremos aqui, movendo e ventando juntas, com os ventos Oyá!

Jessica Ellen

 

“Marielle era a esperança personificada. Fazia com que a gente acreditasse que o mundo tinha jeito. Era a tranquilidade de que os nossos ideais seriam defendidos.”

Nathália Dill

 

“Abateram uma mulher! Mas sua morte acordou um país e o mundo se importou. Está viva Marielle:a mulher-tribo.”

Elisa Lucinda

 

“Quiseram calar uma voz de luta, mas nós em luto vamos amplificar mais e mais essa voz. Como velas nos acendemos umas nas outras e essa é a força luz de Marielle.”

Georgiana Goes

 

“Marielle solar. Mesmo nos piores momentos o sorriso imenso, contagiante, provocante, irreverente, penetrante, entrava por dentro da gente e a gente também sorria. Sorria porque acreditava nela, queria caminhar com ela. Queria sonhar com ela. Queria pensar num outro mundo que a gente de alguma forma acreditava estar criando junto. Em sua homenagem, minha querida, quero me permitir continuar a sonhar.”

Julita Lemgruber

 

“Marielle deixa não só sua filha, mas muitas meninas órfãs . O que me enche de esperança é ver que sua luta e força fortalece nossa capacidade de abraçar estas meninas e seguir com elas.”

Adriana Esteves

 

“Nina Simone disse que liberdade é não ter medo. Pois Marielle era livre e morreu assim. Essa qualidade dela que fascina o mundo, é também o terror daqueles que querem manter as coisas como são. Mas ela segue aqui, nossa heroína, debaixo de uma capa invisível. Nada mais terrível pra eles.”

Maeve Jikings

 

“Ninguém pode parar ou estancar o seu fluir. Cidadãos de bem, mulheres e mulheres negras juntas seguiremos. A luta não para!”

Cris Vianna

 

“Marielle é Dandara de nossos tempos. Incansável na luta contra a violência e pela garantia de direitos iguais a negros pobres mulheres e da população LGBT. Sua força guerreira é chama forte e viva em nós.”

Camila Pitanga

 

“Marielle é uma semente potente que espraia raios humanistas de diversas correntes! Mulher, mãe, livre, nascida e atuante nas favelas, negra,  ética, compassiva, combativa. O que sua voz continua a ecoar é sede, mais viva do que nunca, de justiça e de igualdade social! O Brasil está mais Presente com Marielle Presente. Viva pra Sempre.”

Letícia Sabatella

 

“A força da Marielle vai permanecer dentro de cada uma de nós.”

Claudia Abreu

 

“Tombaram uma de nós, uma de nossas lideranças, mas como resposta, se levantaram milhares de Marielles. A patir disso, nós mulheres negras não vamos permitir que essa dor se perpetue, vamos cada vez mais ocupar, resistir e além de tudo – ser felizes.”

Dríade Aguiar

 

“Marielle franca e legítima. Voz destemida que vinha unindo pontas e representando a nós todas. Marielle agora é estrela brilhante e poderosa que vai mudar a história de uma geração.”

Olivia Byigton

 

“Mari, a maior de todas nós. A favela, as mulheres, a juventude lá. Uma sobe e puxa a outra e Marielle puxou milhares.”

Dani Orofino

 

“Marielle agora é a estrela guia no deserto político que devemos superar. Ela nos ensinou que devemos ser fortes, que é preciso andar de cabeça erguida e peito aberto para transformar a sociedade em que vivemos.  Que o medo não pode ser maior que a luta antirracista e anticapitalista, que a luta antipatriarcal e antifascista. Que a luta do feminismo negro que ela encarnava em nome de tantas pessoas. A miséria material e espiritual que destruiu o seu corpo e a sua vida, não tem força para destruir a riqueza de seu legado político. Um dia seremos todas mulheres negras na política, o mundo será feminista e seus assassinos não serão lembrados nem como covardes. Marielle vive em cada uma de nós.”

Marcia Tiburi