#VoteNelas: Cristal Lopez

Por #AgoraÉQueSãoElas

Sou Cristal*

Sou Cristal, nasci Cristal. Pra você que quer saber qual nome me deram, eu respondo: não interessa, ele não era meu e eu nunca verdadeiramente respondi quando por ele chamada. Sou Cristal, ainda que o estado diga que não. Sobrevivi como Cristal porque tive Rita guiando meu caminho, me dizendo que eu poderia ser quem quisesse, me ajudando nos momentos das mais terríveis angústias. Rita, minha mãe, viu seu marido indo embora culpando-a por se colocar ao lado da filha. E ela, forte que só, carne preta de guerreira, também sobreviveu.

Sobrevivo como Cristal porque descobri a arte e, por meio dela, o orgulho de ser mulher, trans e negra. Tenho orgulho de carregar em meu corpo as lutas que represento. Sou Cristal e sou bailarina, atriz, perfomer e diva do carnaval de Beagá. Divaaaaaaaa!

Sou Cristal e não tenho nada a temer, mas preciso de muita coragem pra dizer isso. Por que? Talvez você não tenha notado, mas eu disse mulher, trans e negra.  Difícil não notar. E ser negra nesse país racista é tão duro quanto ser trans, saiba disso. Por ser Cristal já apanhei, já escutei que não seria capaz, já fui ridicularizada, já tive receio de sair de casa. Por ser Cristal tenho problemas quando sou atendida nos serviços públicos onde, por mais que eu explique, ninguém aceita que eu seja Cristal. Por ser Cristal, sou importunada constantemente por haters e pelas ditas ‘feministas radicais’ (você não tem nada de radical, gata, você é só transfóbica mesmo). Por ser Cristal já fui ameaçada de morte. Não é fácil, não é bom, não tenho fetiche de mártir, mas aprendi a responder com mais vida, com mais brilho, com mais lacre. Respondo ao ódio sendo ainda mais Cristal.

Sou Cristal e por esse motivo sou candidata a vereadora em Belo Horizonte. É a primeira vez que uma travesti se candidata à Câmara Municipal na capital da tradicional família mineira. Onde não me querem, onde dizem que não me pertence, é onde quero mais entrar chutando a porta. Caso entre, no entanto, não será sozinha. Somos muitas.

Sou Cristal e enquanto eles não passarão, eu desfilo.  

 

* Cristal Lopez, é candidata a vereadora pelo PSOL Belo Horizonte, dentro do movimento Muitas | Cidade que Queremos.