#AgoraÉQueSãoElas

Um espaço para mulheres em movimento

 -

Uma tribuna de muitas vozes femininas e feministas, coordenada por Alessandra Orofino, Ana Carolina Evangelista, Antonia Pellegrino, Manoela Miklos.

PERFIL COMPLETO

 

Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade

O legado dos jogos, os garotos imaturos e as vagabundas

Por Manoela Miklos* O pedido público de desculpas é um ato predominantemente masculino. E a misericóridia é mais um dos privilégios dos homens. Em especial daqueles que são ricos. Em especial daqueles que são brancos. Distribuímos segundas chances como distribuímos tudo: desigualmente. No ocaso dos Jogos Olímpicos de 2016, me peguei pensando sobre isso. Kobe(…)

Precisamos falar do assédio!

Por Paula Sacchetta* Depois de termos visto as redes sociais serem inundadas com as hashtags #meuprimeiroassédio, #meuamigosecreto e #agoraéquesãoelas, no que uma amiga chamou de “Primavera Feminista”, ficamos com vontade, nós aqui da Mira Filmes, de produzir um documentário que registrasse essas histórias e, mais que isso, que as tirasse das redes e ocupasse os(…)

Mão-boba nada boba

Por Maria Lucia Rangel*   O funkeiro MC Biel não se sentiu nada intimidado com a plateia de jornalistas ao agredir a repórter do IG. Ela preferiu ficar incógnita mas deu parte à polícia das barbaridades que ouvir do cantor de 20 anos que prefere se definir como “menino, menino que brinca, menino sem papas(…)

Contribuições Socioeconômicas das Mulheres: avanços e dificuldades  

Por Nilcea Freire e Hildete Pereira de Melo* Nos últimos quarenta anos as mulheres brasileiras tiveram suas vidas transformadas, pela educação, pela entrada no mercado de trabalho, pelo incremento (ainda baixo) na participação política e nos movimentos sociais. As ruas desde 2013 ganharam expressivos rostos jovens femininos que sem temor lutam pela liberdade das escolhas(…)

Gênero: ideologia ou teoria? Quem se opõe ao debate sobre gênero é quem se beneficia das coisas como elas são…

Por Joanna Burigo* Os estudos de gênero formam um campo bastante recente na história da produção científica de conhecimento. Deste modo é compreensível que ainda exista tanta desinformação a respeito desta episteme. Infelizmente, no entanto, os despautérios contidos nas falas de muita gente que se posiciona contra os estudos de gênero são muitos, e não(…)

A violência nossa de cada dia

  Por Ana Teresa Derraik *   Caminhávamos eu e minha filha, então com 11 anos, no calçadão da Praia de Copacabana. Era um sábado de sol. Dei um passo a frente dela para atender o celular. Quando desliguei e virei para trás ela estava com os olhos arregalados e muito assustada: – Mãe, aquele(…)

Blogs da Folha